25/04/2019 às 18h02min - Atualizada em 25/04/2019 às 18h02min

Morre aos 67 anos o Cantor Nilton Lamas, autor de entre tapas e beijos

Morre aos 67 anos o Cantor Nilton Lamas, autor de entre tapas e beijos

Diário do Rio Verde
Diário do Rio Verde
Diário do Rio Verde
Morreu na tarde de quinta-feira, dia 25, vítima de uma infecção generalizada, o cantor e compositor rio-verdense Nilton Lamas. Lamas tinha 67 anos e desde agosto do ano passado estava com a saúde fragilizada após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). 
O “cantor mais apaixonado do Brasil”, como ele mesmo gostava de se apresentar, ficou famoso por ser um dos compositores da canção “Entre Tapas e Beijos” (em parceria com Antônio Bueno) e que ficou conhecida nacionalmente nas vozes de Leandro e Leonardo.
O corpo de Nilton Lamas será velado na Câmara Municipal de Rio Verde a partir das 19h desta quinta-feira, com o enterro acontecendo na sexta-feira, dia 26, em Santo Antônio da Barra, a 190 quilômetros de Goiânia.

ENTREVISTA AO DIÁRIO DO RIO VERDE

Em agosto do ano passado quando o DIÁRIO DO RIO VERDE foi lançado, Nilton Lamas recebeu em sua casa a equipe de reportagem do jornal, onde falou sobre a carreira, música e a vida dele em Rio Verde. 
Irreverente, os versos tristes e de amores não correspondidos das cerca de 350 composições não lembravam nem de longe Nilton Lamas durante o bate-papo. Na ocasião, o cantor disse que não esperava se aposentar nem tão cedo dos palcos.
Ao falar sobre a inspiração para compor tantas canções, Lamas garantiu que elas vinham de forma espontânea; em uma conversa, em um sonho e revelou como surgiu sua música de maior sucesso.
“‘Entre Tapas e Beijos’ eu fiz durante uma viagem de Pirassununga-SP a Campinas-SP. Havia brigado com a mulher e um amigo me perguntou se eu ainda gostava dela; falei que tinha ódio e daí a música surgiu ali”, afirmou.
 
Fonte: Diário do Rio Verde
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »