01/04/2019 às 15h42min - Atualizada em 01/04/2019 às 15h42min

Domingo de NBA tem baile dos Warriors, calouro herói e ânimos exaltados de Jokic e Popovich

Líder do Oeste passeia contra os Hornets e Trae Young ganha o jogo para os Hawks no último segundo da prorrogação. Jokic e Popovich discutem com a arbitragem e são expulsos

O domingo de NBA com sete jogos ficou marcado por um show do Golden State Warriors, pelo heroísmo do calouro Trae Young e também por algumas zebras. Contra os Hornets, o time de Stephen Curry e companhia chegou a estar vencendo por 47 pontos de vantagem e fez a festa em casa. Trae Young, armador do Atlanta Hawks, conseguiu uma vitória para sua equipe com um arremesso no último segundo, que desbancou ninguém menos que o líder da Conferência Leste.
As vitórias de Dallas, Sacramento e Washington contra times que estão melhores na tabela, foram outras zebras na rodada, que teve homenagem de times e jogadores a rapper assassinado. Confira também os ânimos exaltados de Nikola Jokic e do técnico Gregg Popovich, que foram expulsos em seus jogos.
 
Um atropelo daqueles!
 
Foi um verdadeiro massacre. Liderados por Curry (25 pontos) e Klay Thompson (24 pontos), o Golden State não deixou o Charlotte Hornets sequer sonhar com uma vitória para ajudar na corrida pela última vaga aos playoffs do Leste. Incríveis 137 a 90.
Curry chegou à sua oitava partida seguida com pelo menos cinco bolas de três pontos. Além disso, essa foi a 317ª vitória dos Warriors num período de 5 temporadas. É a sequência mais vitoriosa da história da franquia para um espaço de 5 anos.
 
Klay sobe na lista das bolas de três
 
Noite especial também para Klay Thomspon, que teve 6 bolas de três na partida e subiu para 16º na lista dos maiores em cestas convertidas de fora.
 
Momento pelada pastelão na Oracle Arena
 
Teve todo o baile dos Warriors, com pé no acelerador do início ao fim. Mas teve também um momento pastelão. Foram alguns segundos de basquete feio e cheio de lambanças!
 
Calouro sangue frio
 
Trae Young foi o grande destaque individual da rodada de domingo. O calouro dos Hawks teve sangue frio para chamar a responsabilidade na prorrogação em dois momentos críticos. Primeiro, não tomou conhecimento da marcação e fez uma cesta difícil, no aperto.
Na sequência, com seu time perdendo por um ponto, pegou um rebote ofensivo e colocou lá dentro, para garantir a vitória por 136 a 135. O Bleacher Report chegou a fazer uma brincadeira em alusão à frieza do garoto. Ele terminou como um dos destaques do time na produção ofensiva, com 12 pontos e 16 assistências.
 
O "velhinho" ainda dá um caldo
 
Outro momento legal na partida foi o step back de Vince Carter, de muito longe. Aos 42 anos!
 
Ivica Zubac levanta a torcida dos Clippers
 
O pivô Ivica Zubac voou bonito para buscar uma ponte aérea e protagonizar uma das enterradas mais bonitas da noite. Os Clippers ainda venceram os Grizzlies por 113 a 96, com 27 pontos e 15 rebotes de Danilo Gallinari.
 
Nikola Jokic pistola com a arbitragem
 
Após fazer uma cesta, a estrela dos Nuggets, Nikola Jokic, explodiu com a arbitragem porque achou que sofreu uma falta no lance. Excedeu na reclamação e foi sumariamente convidado a se retirar da partida. Seu time acabou perdendo para os Wizards, 95 a 90.
 
Gregg Popovich possesso
 
O técnico do San Antonio Spurs, Gregg Popovich, foi outro que explodiu com a arbitragem na noite. DeMar DeRozan bem que tentou segurar o chefe, mas não teve jeito. Pop acabou deixando o comando da equipe pelo restante da partida e os Spurs foram superados pelos Kings por 113 a 106.
 
Domingo de luto para muitos jogadores
 
O domingo foi de tristeza para alguns jogadores. O rapper Nipsey Hussle, querido por muitos na liga, foi assassinado na noite deste domingo nos EUA. Ele levou seis tiros em frente à sua loja de roupas em Los Angeles. O astro LeBron James, que não entrou em quadra pelos Lakers, se manifestou nas redes sociais sobre a perda. Outros jogadores como Stephen Curry, Evan Turner e Donovan Mitchell também lamentaram.
No aquecimento dos Warriors, o ginásio reproduziu uma música de Nipsey Hussle. Os jogadores dançaram e reverenciaram o rapper.
Já os Clippers, fizeram uma homenagem ao rapper no telão, antes mesmo do início da partida contra os Grizzlies.
 
Fonte: SporTv Globo
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »