Destakinews Publicidade 728x90
20/02/2023 às 08h45min - Atualizada em 20/02/2023 às 08h45min

PM desarticula quadrilha de roubo a joalherias na região

Após roubo em joalheria ocorrido no dia 20 de janeiro em Cassilândia, o trabalho conjunto da Polícia Militar da região e até de Goiás uma quadrilha que estava se especializando em roubo a joalheria foi desarticulada e bandidos presos.

Os militares descobriram que alguns indivíduos que participaram da ação residiam em Costa Rica e estariam envolvidos nos fatos, sendo citados 02 (dois) indivíduos que posteriormente foram presos. Diante das informações houve diligências por parte do efetivo dos militares da 4ªCIPM desde o dia 11 de fevereiro, chegando à informação de que um indivíduo, estaria planejando uma ação na cidade de Costa Rica MS, nos mesmo moldes do crime acontecido em Cassilândia MS.

Essa nova ação criminosa contaria com a ajuda de outros 03 (três), sendo que um deles, preso na sexta-feira, em Costa Rica, já teria participado da ação em Cassilândia.

Outro indivíduo o indivíduo que estaria incumbido de ajudar na realização da ação, foi preso na cidade em Cassilândia MS no dia 06 de fevereiro, o que atrasou o cometimento do delito na cidade de Costa Rica. Descobriu-se ainda que todas essas ações seriam planejadas a ordem de um criminoso de alta periculosidade e que atualmente está cumprindo pena em presídio.

A desarticulação

Após um período de falta de informações, no dia 11 de fevereiro, o indivíduo, o qual participou do roubo em Cassilândia, foi identificado na cidade de Costa Rica, vindo de Campo Grande, após ter participado de uma tentativa de Roubo em Naviraí, no dia 08 deste mês. Ao chegar em Costa Rica veio a receber o apoio de alguns indivíduos na cidade.

Ocorre que na sexta-feira (17) o autor dos fatos foi visto na rodoviária de Costa Rica, quando tentava sair da cidade. Foi realizada a abordagem, e em revista pessoal observou-se em seu braço um relógio dourado. Em consulta na relojoaria vítima do roubo em Cassilândia MS foi confirmado que tratava-se de produto de roubo. Foi dada voz de prisão ao suspeito pelo crime de receptação, a princípio.

Em conversas com o detido na rodoviária, ele admitiu que participou do crime em Cassilândia MS, no dia 20 de janeiro, juntamente com um comparsa, admitindo ainda que estava com um revólver e entrou para realizar o Roubo na joalheria, ainda em conversas confessou que participou da tentativa de roubo na cidade de Naviraí, no dia 08 de janeiro com o mesmo comparsa da primeira ação.

Por fim, ainda, em conversas, confirmou tudo o que já estava descoberto durante diligências dos militares da 4ªCIPM, e que veio até a cidade de Costa Rica para realizar a ação criminosa, sendo um roubo à mão armada e que teve suporte durante todo esse tempo de alguns indivíduos. Disse ainda a existência de um “olheiro” na cidade que estudou o estabelecimento que seria o alvo. Essa ação estaria sendo planejada por um mandante, responsável pelos dos fatos ocorridos em Cassilândia, Naviraí e do planejamento em Costa Rica.

Ainda foi verificado que contra o autor dos fatos vigorava um mandado de prisão em razão do crime cometido em Naviraí.

O comandante da PM de Costa Rica: “Informa que vários indivíduos foram relacionados aos fatos mencionados e possivelmente após investigação deverão responder por roubo e associação criminosa, entre outros delitos. Destacou ainda que o desfecho demonstrou empenho total de todos os militares da 4ª CIPM, enaltecendo os militares e o apoio dos policiais militares do Batalhão de Choque da PMMS, da Força Tática de Paranaíba (13ºBPM) e do COD – Comando de Operações Divisas de Goiás que em muito somaram para que fosse possível realizar esse trabalho.

Fonte: Jovemsulnews 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Destakinews Publicidade 1200x90