Destakinews Publicidade 728x90
26/11/2022 às 10h42min - Atualizada em 26/11/2022 às 10h42min

Motorista de carreta tentou ultrapassagem de dois caminhões antes de acidente com morte na BR-158 em Cassilândia

Motociclista foi identificado e tinha 49 anos

Foi identificado como Valtemicio Inácio Fidelis, de 49 anos, o motociclista que morreu em um acidente ocorrido na noite desta quinta-feira (24) na BR-158, em Cassilândia. O motorista da carreta confessou que acelerou o veículo para fazer duas ultrapassagens antes de atingir a vítima.

Conforme informações do boletim de ocorrência, o motorista informou que dirigia o caminhão Sacnia com semi-reboque carregado com carga de farelo de milho, no sentido Chapadão do Sul – Paranaíba. Após passar por um posto de gasolina abandonado, ele afirmou que acelerou para ultrapassar dois caminhões tanqueiros que também seguiam sentido Paranaíba.

O motorista relatou que fez a ultrapassagem pela esquerda, e quando passou pelo primeiro caminhão, manteve seu veículo na contramão para ultrapassar o segundo caminhão. Aegundo ele, foi nesse momento que apareceu Valtemício em sua motocicleta Honda.

O caminhoneiro alegou que freou o caminhão em cima da pista e deu sinal de luz, e que o motociclista não tirou o veículo. Ele ainda afirmou ter tentado tirar o caminhão para o acostamento a sua esquerda, mas colidiu a lateral dianteira com a Honda da vítima. Ainda segundo ele, nenhum dos outros veículos parou na pista após o acidente.

A pista chegou a ficar completamente bloqueada e, em seguida, foi liberado para tráfego dos veículos apenas pelo acostamento, até que a perícia fosse realizada. A motocicleta foi tirada da pista por familiares de Valtemício e Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e PRF (Polícia Rodoviária Federal também foram acionados). O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Teste do bafômetro deu zero

Segundo informações da Guarnição do Corpo de Bombeiros de Chapadão do Sul, o motociclista era morador de um sítio nas redondezas e estava indo jogar bola em Cassilândia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e realizou o teste do bafômetro no condutor da carreta e não indicou presença de álcool no organismo. O motorista do caminhão não se feriu e ficou emocionalmente abalado pelo ocorrido. 
Fonte: MS TODO DIA


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Destakinews Publicidade 1200x90