Destakinews Publicidade 728x90
02/09/2022 às 09h52min - Atualizada em 02/09/2022 às 09h52min

Jovens mentem sobre tentativa de estupro e são flagradas com 21 kg de drogas na BR-163, em Chapadão do Sul

As duas teriam dito terem sido abusadas após pegar carona com um desconhecido

Duas jovens, de 16 e 19 anos, fizeram um falso boletim de ocorrência dizendo que teriam sofrido uma tentativa de estupro após aceitar carona de um estranho durante a madrugada de sábado (27), na Vila Esperança, em Chapadão do Sul.

De acordo com o primeiro registro, um homem escutou gritos pedindo por socorro próximo a Fazenda Santa Olinda. Ao sair para ajudar, encontrou as duas meninas muito assustadas dizendo que estavam fugindo de um possível estuprador. 

Para a polícia, elas teriam contato que estavam bebendo e escutando música com uns colegas, próximo a UFMS, mas uma equipe da Polícia Militar acabou com a festa e todos tiveram que ir embora. As duas então seguiram a pé para casa e no meio do caminho um rapaz ofereceu a carona.

Após entrarem no veículo, o rapaz tomou direção a saída da cidade, sentido a Cassilândia. Elas desconfiaram do quando ele entrou em uma estrada rural e parou dizendo que iria fazer relação sexual com ambas. O rapaz ainda tentou passar a mão nas partes íntimas delas, momento em que elas conseguiram sair do veículo correndo, se escondendo no meio do matagal.

Tráfico de drogas - Porém, um novo boletim de ocorrência, registrado na terça-feira (30), aponta que as mesmas meninas foram avistadas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) andando no acostamento da BR-163. Elas carregavam duas malas e pediam carona para os caminhoneiros que passavam pelo local.

Bastante nervosas, elas não souberam responder as perguntas da equipe e logo entregaram que estavam transportando drogas nas malas. Elas contaram que saíram de Chapadão do Sul em direção à cidade de Bauru, interior de São Paulo, onde buscaram o entorpecente e tentariam levar a maconha até a cidade de Cuiabá, no Mato Grosso.

As duas levavam 21,180 kg de maconha nas duas malas e receberiam R$ 2 mil pelo transporte da droga.

FONTE: MS TODO DIA
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Destakinews Publicidade 1200x90