20/06/2022 às 14h16min - Atualizada em 20/06/2022 às 14h16min

FÔLEGO – Teresa Cristina participou da 28ª Exposul, inaguração do Paço Municipal em Chapadão do Sul e cumpriu agenda em Costa Rica e Paraíso das Águas

A ex-ministra Teresa Cristina foi o principal destaque político da festa histórica de inauguração do novo Paço Municipal e as atividades da 28ª Exposul em Chapadão do Sul. Apesar do aspecto frágil ela mostra excelente forma física, fez várias visitas, conversou com correligionários do agronegócio e moradores de três cidades em apenas 24 horas. Depois de visitar todos os camarotes da exposição participou do lançamento do Projeto  “Soberanas do Agro” no estande da Unigel a partiu para a zona rural.  Durante a tarde de sexta-feira estava na Usina Iaco Agrícola percorrendo as instalações da indústria. A extensa agenda de Teresa Cristina em Chapadão do Sul foi organizada e acompanhada pela  assessora da presidência da Câmara de Vereadores, Thaiz Diniz.  

Cumpriu extensa agenda em Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e Costa Rica, onde visitou o  projeto Cinturão Verde e destacou o case de sucesso. O projeto vai beneficiar 10 pequenos agricultores do município desde o plantio até a comercialização de hortaliças, verduras e grãos. Nesta cidade se reuniu com empresários, lideranças políticas e representantes do agronegócio. Esteve acompanhada pelo prefeito Cleverson dos Santos e membro da direção do Cointa (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do rio Taquari, do vice Ronivaldo Garcia Cota, secretários.

No local, foi realizada assinatura de termo de comodato entre a Prefeitura e a Associação Vitória dos Horticultores de Costa Rica, para liberação de uma área de cinco hectares, o Cinturão Verde. O espaço será utilizado para o cultivo de hortas, estufas e pomares, contribuindo assim para o desenvolvimento econômico do município e o fortalecimento da agricultura familiar.

“Estou muito feliz de estar aqui, por ter essa oportunidade de trabalhar para incrementar a produção do agronegócio e agricultura familiar. É uma coisa muito boa mexer com a horta, plantar. Amo por a mão na terra, amo trabalhar, isso faz parte da minha vida”, disse Rosilei de Lima Santana, trabalhadora rural, uma das 10 pessoas beneficiadas pela Associação Vitória dos Horticultores de Costa Rica.

Ainda na sede do Cinturão Verde, micro e pe­quenos produtores locais receberam de forma simbólica o título de registro do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal, executado pelo Cointa.  Os benefícios da adesão ao Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal são diversos. Os pequenos produtores obtêm maior segurança sanitária dos produ­tos comercializados, aumento do mercado consumidor, maior possibilidade de inserção dos produtos da agricultura familiar no mercado formal e promoção da segurança alimentar da população.  

“A gente tem uma pequena empresa aqui, que é o Laticínio Maria, onde a gente compra leite de fornecedores aqui da cidade e das cidades vizinhas. Através do Cointa, obtivemos licença para comercializar nossos produtos para as cidades do Consórcio e agora temos o SISBI, que vai possibilitar que a gente expanda ainda mais nossas vendas. Para nós, é uma grande conquista”, ressalta Aparecido Guedes Cardoso, proprietário do Laticínio Maria, em Costa Rica.

Em seguida, Tereza Cristina concedeu entrevista à Rádio Cidade, 106,5 FM, onde elogiou a iniciativa da Administração Municipal de fomentar a agricultura familiar. “Vocês estão fazendo aqui uma transformação, pode as pessoas acharem que é muito pouco iniciar com 10 famílias, mas isso é um case de sucesso e eu espero realmente que dê certo e dará, porque vocês irão mostrar o que é possível fazer para o abastecimento local e levar daqui diversos produtos para outras cidades, fazer a economia girar”, destacou a ex-ministra da Agricultura.

Tereza Cristina também visitou a Usina Iaco Agrícola, onde foi recepcionada pelo superintendente da unidade, Edson Rocha. “Conheço essa usina desde o início dela, já conhecia a Fazenda Ribeirão que tinha uma agropecuária já muito avançada, muito moderna, isso há mais de 30 anos. Participei aqui com eles, como secretária e discutimos sobre como iria funcionar, se iam começar a usina com etanol ou açúcar, enfim. Fico muito feliz de vir aqui e ver como essa usina caminhou e trouxe desenvolvimento para essa região de Costa Rica e Chapadão do Sul”, enfatizou.   Paraíso das Águas visitou a Estação de Tratamento de Esgoto, que está em fase final e irá beneficiar a população paraisense.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »