22/02/2019 às 17h46min - Atualizada em 22/02/2019 às 17h46min

Prefeitura do Rio interdita CT do Fluminense por falta de alvará

Órgão multa clube em cerca de R$ 1 mil reais por não cumprimento da decisão

Depois de passar por vistoria na semana passada, o Centro de Treinamento Pedro Antonio, CT do Fluminense, teve expedido um pedido de interdição da Prefeitura do Rio de Janeiro por falta de alvará. O clube, porém, ainda não acatou a decisão e foi multado na última quarta-feira em R$ 857,94. A informação foi divulgada pelo site "Lancenet!" e confirmada pelo GloboEsporte.com
Após a tragédia ocorrida no Ninho do Urubu no dia 8 de fevereiro, onde 10 jogadores da base do Flamengo morreram em um incêndio e outros três ficaram feridos, a prefeitura checou documentações e fez visitas aos centros de treinamento dos grandes clubes do Rio para identificar possíveis irregularidades. A Secretaria Municipal de Urbanismo não identificou obras ilícitas, mas a Secretaria Municipal de Fazenda cobra o documento de licença.
Uma das pendências que impede a obtenção do documento é o Certificado de Registro do Corpo de Bombeiros. Em entrevista coletiva na quarta-feira da semana passada, o gerente geral do Fluminense, Fernando Simone, dizia não crer na interdição do local, mas confirmou que o clube trabalha com a possibilidade das Laranjeiras- segundo ele, com os documentos em dia - receber treinos. Admitiu também que o CT de Xerém, da base, ainda não possui todas as licenças.
Quanto à questão das obras, a Secretaria Municipal de Urbanismo, após uma vistoria na segunda-feira, não identificou nenhuma irregular em andamento. O órgão constatou que o projeto “aprovado confere quanto à projeção e volumetria dos prédios”. As obras do Campo 3, da Sala de Imprensa e da nova rua de acesso, todas divulgadas pelo clube, fazem parte do projeto apresentado. O Tricolor tem licença para realizar obras até o dia 23 de outubro.
 

Fonte: Globo Esporte
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »