08/04/2022 às 10h24min - Atualizada em 08/04/2022 às 10h24min

Concurso Máxima Produtividade de Soja premia cooperados

Na manhã da última quarta-feira, 06, a Comigo também premiou os cooperados vencedores do concurso “Máxima Produtividade de Soja”, que aconteceu no plot do CTC Comigo.

Foram 75 cooperados inscritos, divididos em três diferentes níveis de altitude, para que o concurso acontecesse de forma justa, visto que a realidade de uma região é diferente de outra. O superintendente de insumos da Comigo, Cláudio Teoro, comentou sobre a satisfação em realizar esta homenagem. “Temos a alegria de homenagear quem participou deste concurso. Sabemos que os custos de produção estão altos e cada vez temos que tirar o máximo de rendimento que cada material, que cada solo oferece”, comenta ele.

De acordo com o coordenador técnico comercial da Comigo, Beckembauer Ferreira, o concurso seguiu regulamento criterioso. “Esse concurso vem a estimular nosso cooperado a ter um crescimento vertical. Já é o segundo ano que temos produtividade acima de 100 sacas por hectare. Quero parabenizar a todos, tanto a equipe técnica quanto aos cooperados”, comemora. Eduardo Hara, gerente de geração e difusão de tecnologia, finaliza com muita gratidão. “Nosso agradecimento a todos. Sabemos que os cooperados tiveram que ter muita paciência, pois tivemos muita chuva e muitos não quiseram participar por esse motivo”, conclui.

Confira o resultado do concurso.

Categoria abaixo de 400 metros de altitude:

  • André Carrilho da Costa
  • Fazenda Alto Rio – Jussara-GO
  • Colheita: 85,28 sacas/hectare
  • Área colhida total: 6,27 hectares

Categoria entre 401 e 700 metros de altitude

  • Casciano Roier
  • Fazenda Santa Rosa – Paraúna-GO
  • Colheita: 96,21 sacas/hectare
  • Área colhida total: 8,86 hectares

Categoria acima de 701 metros de altitude

  • Thiago de Almeida Monteiro
  • Fazenda Santo Antônio – Rio Verde-GO
  • Colheita: 112,89 sacas/hectare
  • Área colhida total: 6,12 hectares
Fonte: Tecnoshow Comigo 2022

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »