04/04/2022 às 10h33min - Atualizada em 04/04/2022 às 10h33min

Gaúcho é encontrado morto na marquise do Centro Catequético da matriz de Chapadão do Sul

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encontrou o homem sem sinais vitais

Na manhã deste domingo, 03 de Abril, um homem, natural de Ajuricaba (RS) foi encontrado morto na marquise do Centro Catequético da Matriz São Pedro Apóstolo, de Chapadão do Sul.

Um empresário que passava pelo local avistou o corpo coberto com um cobertor e alguns pertences ao lado. Ele parou para averiguar e notou que o homem estava aparentemente sem vida.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encontrou o homem no sentido fetal, sem sinais vitais, ou de violência. Foi constatado que no peito há um sinal de grande cirurgia, provavelmente cardíaca. Sinais indicam que o homem faleceu dormindo, na madrugada, ou ao amanhecer deste domingo (03).

A Polícia Civil atende ao caso e os investigadores não encontraram sinais de violência no caso. Foto: Norbertino Angeli

Foram encontrados documentos da vítima, tratando-se de Idair Didoné da Silva, que completaria 56 anos de idade no próximo mês de maio.

Investigadores da Polícia Civil realizaram pesquisa junto ao CRAS, Centro de Referência e Assistência Social de Chapadão do Sul e foram informados que o homem era acompanhado pelos assistentes e não haviam encontrado seus familiares.

O homem morto foi visto várias vezes nas portas das agências bancárias de Chapadão do Sul com essas garrafas, aparentemente com materiais de limpeza. Foto: Norbertino Angeli

Muitas vezes o homem que faleceu foi visto nas portas das agências bancárias de Chapadão do Sul, sentado ao chão, aparentemente tentando vender produtos de limpeza, com sinais de embriaguez.

Não foi necessário acionar a Polícia Técnica para periciar o local. A Funerária Pax Líder, que está de plantão neste domingo (03) e foi acionada para atender ao caso.

O corpo deverá ser sepultado em Chapadão do Sul.

Fonte: Jovemsulnews


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »