24/02/2022 às 09h49min - Atualizada em 24/02/2022 às 09h49min

Hospital onde Marília Mendonça nasceu instala letreiro em homenagem à cantora, em Cristianópolis

Unidade de saúde passou por reformas e deve ser entregue já com novo nome em março. Rainha da sofrência morreu em acidente de avião.

O hospital onde Marília Mendonça nasceu em Cristianópolis, a 90km de Goiânia, instalou um letreiro em homenagem à rainha da sofrência. A artista morreu há quase quatro meses em um acidente de avião, a caminho de um show. Ela tinha 26 anos e deixa o filho Léo, de 2 anos.

A unidade de saúde passou por obras e deve ser entregue, já com o nome Hospital Municipal Marília Mendonça, em março, segundo informou a prefeitura da cidade.

A homenagem é prevista em lei sancionada em dezembro do ano passado pela prefeita Juliana Costa. Antes, a unidade se chamava Hospital Municipal de Cristianópolis.
De acordo com a prefeitura, além da nova fachada, o local passou por revitalização, e melhorias. A prefeita disse que o novo nome é uma forma de homenagear a artista que nasceu na cidade e ganhou o mundo com sua música.

Despedida

 

O corpo de Marília e do tio, que também era assessor, Abicieli Silveira Dias Filho, foram levados para o Goiânia Arena, onde foram velados, durante a tarde de sábado (6), e os fãs puderam se despedir da cantora.

Ao final do dia, os corpos foram enterrados no Cemitério Parque Memorial em cerimônia fechada para os familiares e amigos mais próximos.

Uma multidão foi se despedir de Marília e cantou grandes sucessos dela. Foram enviadas cerca de 300 coroas de flores em homenagem a ela.

Muitos amigos do meio sertanejo participaram do velório e do enterro da cantora. Maiara e Maraisa, que tinham o projeto Patroas 35% com Marília cantaram na despedida, assim como a dupla Henrique e Juliano.

Nas redes sociais, foram milhões de mensagens de luto e despedida da cantora.

Fonte: G1 Goías

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »