02/02/2022 às 09h34min - Atualizada em 02/02/2022 às 09h34min

PRESIDENTE DA OAB DE ANÁPOLIS É PRESO POR SUSPEITA DE DIRIGIR BÊBADO

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Anápolis, Samuel Santos, foi preso por suspeita de dirigir bêbado horas após sua cerimônia de posse. De acordo com o boletim de ocorrências, o advogado se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele foi liberado após pagar fiança.

Em nota, o presidente informou que estava com a esposa ao ser abordado enquanto voltava de uma "solenidade de festiva". Ele disse ainda que estava consciente de suas “faculdades e direito” e que “cumpriu os termos da legislação vigente".

O g1 também solicitou uma nota para a OAB-GO por meio de e-mail enviado às 19h10 desta terça-feira (1º), mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

A prisão em flagrante aconteceu na madrugada da última sexta-feira (31), mas só veio à tona nesta terça-feira (2). Conforme o relato policial, o presidente estava em uma caminhonete de luxo e apresentava sinais visíveis de embriaguez.

O boletim de ocorrências narra ainda que foi feito um “teste presencial passivo”, que deu positivo para o consumo de bebida alcoólica. Ele foi preso em flagrante e liberado após pagar uma fiança, que não teve valor divulgado.

O que diz o presidente
Sobre a abordagem de rotina realizada pela Delegacia de Trânsito, comandada pelo delegado Manoel Vanderick, esclareço que fui abordado após solenidade festiva, consciente das minhas faculdades e direitos, e cumpri os termos da legislação vigente, conforme art. 5º, VXIII, da Constituição Federal.

É importante que se reconheça o relevante trabalho realizado pela Operação Direção Consciente, bem como o respeito aos direitos e garantias fundamentais de cada cidadão.

Fonte: G1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »