01/02/2022 às 10h01min - Atualizada em 01/02/2022 às 10h01min

Ao suspeitar de assalto, idoso mata a esposa por engano em GO

Ao ouvir um barulho e suspeitar que fosse um assalto na casa onde mora, na capital goiana, um idoso de 64 anos atirou e atingiu a esposa, de 63. Maria de Freitas Mendonça foi ferida com um tiro nas costas e morreu no local. O caso aconteceu na madrugada da última segunda-feira (31/1), no Condomínio Privê das Oliveira.

A polícia foi acionada por um vizinho, que ouviu os gritos do idoso, que pediu por socorro. De acordo com a Polícia Civil, o casal estava junto há 45 anos e tinha nove filhos. O nome do idoso não foi divulgado.

Engano

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Carlos Alfama, o idoso informou em depoimento que um morador de rua bateu no portão da casa do casal pedindo abrigo durante a madrugada. No momento em que ele atendia o homem, ouviu um barulho no quintal e efetuou o disparo.

“Uma fatalidade. Ele ouviu um barulho na janela, achou que fosse um ladrão, disse ter visto um vulto e atirou, mas era a esposa dele. Ao perceber, ele entrou em desespero total”, contou o delegado ao portal G1.

Segundo o investigador, o tiro foi disparado de uma espingarda de fabricação caseira, sem registro. Por esse motivo, o idoso foi autuado por porte ilegal de arma e conduzido à Central de Flagrantes. Alfama informou ainda que o casal não tinha desavenças.

Ainda conforme a explicação do delegado, caso o juiz entenda que o disparo da arma era evitável, o suspeito poderá responder por homicídio culposo. Caso contrário, ele não responderá pela morte da esposa.

Fonte: Panorama


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »