21/10/2021 às 10h15min - Atualizada em 21/10/2021 às 10h15min

ROUBOS, FURTOS E RECEPTAÇÃO DE BOTIJÕES DE GÁS CRESCEM 50% EM GOIÁS, DIZ DELEGADO

O delegado Fernando Martins, titular da delegacia de Uruaçu, afirma que o aumento do preço do botijão de gás atraiu criminosos e fez subir em 50% a ocorrência de crimes relacionados a essa mercadoria na cidade. O fenômeno se repete em todo o Estado.

“Notamos um aumento de ocorrências de furtos a residências relacionadas a botijões de gás, tendo em vista o aumento considerável do valor do produto no mercado. O botijão tem um valor atrativo para os criminosos. Os furtos e a receptação de botijão tiveram um incremento de aproxidamente 50%. Só hoje foram presas três pessoas por crimes envolvendo essa mercadoria”.

Em operação na quarta-feira, 20/10, duas pessoas foram presas por receptação de botijão de gás furtado em Uruaçu. O primeiro receptador comprou o botijão do autor do furto e vendeu ao segundo receptador, que colocou o objeto à venda em um estabelecimento comercial da cidade.

O autor do furto ainda não foi preso, mas foi identificado. O primeiro receptador tem 30 anos e cinco passagens por furto e receptação. O segundo receptador, que comercializava o botijão no momento da prisão, tem 31 anos e nenhuma passagem pela polícia. O estabelecimento dele fica próximo ao local onde atuava o primeiro receptador e o autor do furto.

O delegado Fernando Martins diz que, embora o segundo receptador tenha sido preso pela primeira vez, havia no estabelecimento (conhecido como “solta-gato”) outros vários botijões de gás.

Aumento no preço dos botijões de gás

No dia 9 de outubro, a Petrobras anunciou um novo reajuste no preço do gás de cozinha. Segundo a estatal a medida foi necessária para evitar o desabastecimento do produto nas distribuidoras. A correção reflete o aumento de 7,22%.

O preço médio passou de R$ 3,60 para R$ 3,86 por kg, o que corresponde a R$ 50,15 no botijão de gás de 13 kg. Conforme o levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no período de 3 a 9 de outubro, o produto chegou a R$ 135 em algumas regiões.

Fonte: Folha de Jaraguá
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »