18/02/2019 às 17h03min - Atualizada em 18/02/2019 às 17h03min

Julgamento de Cristina Kirchner por corrupção é adiado para maio

Início seria em 26 de fevereiro, mas foi transferido para 21 de maio porque um dos juízes do Tribunal Oral Federal será submetido a uma cirurgia. Ex-presidente da Argentina é acusada de favorecer empresário com concessão de 52 obras públicas no valor de US$ 1,15 bilhão.

A justiça argentina anunciou nesta segunda-feira (18) o que o início do julgamento por corrupção da ex-presidente Cristina Fernández de Kirchner foi adiado para 21 de maio.
O julgamento que tinha o início marcado para 26 de fevereiro foi adiado por causa do estado de saúde de um dos integrantes do Tribunal Oral Federal, o juiz Jorge Tassara que será operado nos próximos dias.
No processo, Kirchner é acusada de favorecer o empresário Lázaro Baez com a concessão de 52 obras públicas no valor de US$ 1,15 bilhão em Santa Cruz, Patagônia, província do sul da Argentina que foi o trampolim da ex-presidente para a política nacional.
O delito foi cometido durante seus dois mandatos, entre 2007 e 2015, e o processo também inclui o período de governo de seu falecido marido, o ex-presidente Néstor Kirchner (2003-2007).
 
Fonte: G1 Globo
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »