24/06/2021 às 10h48min - Atualizada em 24/06/2021 às 10h48min

CRIANÇA ATACADA POR JACARÉ EM PORANGATU PODE PERDER O BRAÇO, DIZ MÉDICO

O menino de um ano e oito meses que foi atacado na manhã desta quarta-feira (23) por um jacaré numa lagoa de Porangatu teve uma “laceração importante” no braço direito e corre o risco de perder o membro. De acordo com um dos médicos que participou do atendimento, a criança foi levada de Porangatu para Uruaçu e de lá seguiu de helicóptero para Goiânia.

Ao Mais Goiás, o médico Victor Scalabrini conta que o menino, que é morador da região, estava com um adulto por volta das 10h nas margens da lagoa quando um jacaré de médio porte abocanhou o seu braço direito. A mordida, conforme o médico, ocasionou fratura em dois ossos no antebraço direito, entre o cotovelo e o punho, além de uma laceração importante que “comprometeu a vasculatura do membro”. “Ou seja, existe a possibilidade de amputação”, informa Scalabrini.

O médico acredita que o jacaré tenha atacado após se sentir ameaçado, uma vez que o bicho teria uma ninhada no local e soltou o braço da criança imediatamente após morder, não tendo sido necessário o auxílio dos presentes para soltá-lo.

A criança deu entrada no Hospital Municipal de Porangatu, sendo transferido para Uruaçu. De lá, o menino foi levado de helicóptero para Goiânia. Ele está internado no Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, o Hugol.

Fonte: Mais Goias
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »