01/06/2021 às 10h26min - Atualizada em 01/06/2021 às 10h26min

HOMEM SUSPEITO DE AMEAÇAR A EX-COMPANHEIRA CHUTA A DELEGADA AO SER PRESO EM JARAGUÁ

Um homem suspeito de ameaçar a ex-companheira chutou a delegada no momento em que foi preso em Jaraguá, na região central de Goiás. Ao resistir à prisão, ele também ameaçou de morte os outros policiais.

“Ele deu um chute que acertou o meu tórax, me empurrando para longe da ocorrência, causando hematoma. Ele proferiu ameaças contra os policiais que estavam na ocorrência, os ameaçou e falou que iria matar cada um assim que ele saísse”, informou a delegada Alanna Delfino.
Como a polícia não divulgou o nome do preso, o G1 não conseguiu localizar a defesa dele para que se posicionasse. Em um vídeo gravado no momento em que ele foi detido, na última quinta-feira (27), o homem reconheceu que errou ao chutar a delegada e justificou que estava embriagado.

“Eu sei que eu fui errado com a senhora. Meti o pé na senhora, machuquei a senhora. Eu reconheço, eu sei que eu estou errado, mas eu estou bêbado. Eu fui falho. Eu fui à casa da minha mulher para buscar meu filho”, disse o suspeito.
Em resposta ao detido, a delegada, que gravava o vídeo após ter sofrido a agressão, disse: “Eu não, eu estou trabalhando”

Ameaças à ex-mulher e prisão
De acordo com a polícia, a ex-mulher registrou um boletim de ocorrência na quinta-feira informando que o homem estava fazendo ameaças contra ela e o atual companheiro. Na ocasião, ela informou que tinha uma medida protetiva contra o ex devido ao comportamento agressivo dele.

Horas depois, por volta de 17h30 do mesmo dia, a mulher ligou à delegacia para informar que o ex estava na porta da casa dela, tentando entrar à força e ameaçando os moradores.

Os policiais foram até a residência e, quando chegaram, o suspeito havia fugido. A corporação iniciou uma busca por ele pela região e, minutos depois, o encontrou. Foi quando, de acordo com a investigação, ele resistiu à prisão e ameaçou os policiais de morte.

O homem, que havia sido preso em flagrante, teve a prisão convertida em preventiva e está à disposição da Justiça. Ele segue preso, até esta segunda-feira (31), na unidade prisional de Jaraguá.


Fonte: G1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »