12/05/2021 às 14h26min - Atualizada em 12/05/2021 às 14h26min

Prefeito, vereadores e secretários homenageiam Costa Rica e vítimas da Covid nos 41 anos da cidade

Balões foram soltos em homenagem às vítimas e também árvores foram plantadas em memória das perdas

Nesta quarta-feira (12), Costa Rica completa 41 anos de emancipação política. Para comemorar o aniversário da cidade, o Prefeito de Costa Rica Cleverson Alves dos Santos, vice-prefeito Roni Cota, vereadora Manuelina Amorim e o presidente da Câmara Averaldo Barbosa discursaram em evento no Parque Ecológico Vilibaldo Rodrigues Barbosa. Mais que uma comemoração, o dia foi reservado para homenagear as vítimas da Covid-19 que a cidade teve durante a pandemia. 

Assim, o prefeito Cleverson Alves dos Santos disse que “hoje poderia ser um dia de comemoração para o povo de Costa Rica, pelos 41 anos de emancipação política da cidade. Mas a pandemia tem desafiado a ciência e pesquisadores, que incessantemente buscam uma solução para essa tragédia que insiste dizimando a vida de amigos e familiares”. Ele destacou que a secretaria de saúde e todo o poder público de Costa Rica não tem poupado esforços para solucionar todos os problemas enfrentados pelos profissionais e de todas as áreas, com atendimento 24h. 

“Costa Rica está sensibilizada com a perda ocorrida em 51 famílias de nosso município. Sem mencionar o número de mortes no Estado e no país”. Ele lembrou que a primeira vítima de Covid em na cidade foi o senhor Zelito Pavam. “Ele foi uma das primeiras pessoas que encontrei quando cheguei em Costa Rica. Fiquei hospedado no hotel, e na época ele falou: Ajuda nós, aqui tem um bando de motoqueiro que ficam empinando e colocando a vida das pessoas em risco. E eu falei que a gente ia resolver o problema, minha memória do nosso querido amigo Pavam, que investiu no potencial turístico de Costa Rica há mais de 30 anos em hotelaria”, disse. 

“A última vítima de Costa Rica foi a senhora Maria Aparecida de Oliveira, que fez sua passagem há poucos dias deixando familiares consternados pela sua falta. Entre eles estão o nobre vereador Antônio Rodrigues e sua esposa Janaina Rodrigues, os jovens Olitony Coelho e Heitor Ferraz, dentre muitos outros”, lembrou.

Então, o prefeito explicou que como forma de homenagear as vítimas, a Prefeitura preparou duas ações cheias de sentimento. 

“Vamos hoje soltar balões com os nomes dos falecidos, como amor eterno e homenagem aos falecidos e familiares, pelos amigos que conquistaram na breve caminhada que aqui tiveram. As 51 famílias, nosso conforto e abraço, que Deus conceda paz infinita”. Ele destacou que as pessoas o escolheram para ser o Prefeito de Costa Rica, cidade em que ele já foi delegado. “Com a mesma dedicação, eu vou servir como prefeito. Para que essa cidade se torne cada vez mais rica, porque essa cidade é jovem, 41 anos de idade, mas é rica e tem tudo para ser mais rica ainda”.
 

Ao MS Todo Dia, ele ressaltou que “são 41 anos, uma cidade jovem, mas com chances de ser um centro empresarial, comercial e educacional da região norte do bolsão”. Adiantou que um dos projetos futuros é correr atrás de implantação de cursos superiores na cidade. 

“Nós vamos nos esforçar para que isso aconteça, estamos correndo atrás de empresários, universidades, para trazer para cá um campus de Medicina. Essa região é muito distante de polos de faculdades. Então a gente quer sair na frente e trazer um polo para a região, para que os jovens possam progredir na suas carreiras”. Entre eles, estarão cursos de Agronomia, Medicina Veterinária e Medicina.

No mesmo sentido de comemoração e reflexão, o presidente da Câmara, Averaldo Barbosa, destacou que este é “mais um ano de luta, de sacrifício''. “Infelizmente é mais um ano de pandemia, é um momento que nós temos que fazer a comemoração cívica, mas acima de tudo é um momento de homenagear aqueles cidadãos que infelizmente sucumbiram ao longo do ano, por conta da pandemia”. 

Ele comentou que os 51 cidadãos que não resistiram deixam muita tristeza na cidade. Mas lembrou que ainda existem coisas para comemorar. “A alegria é porque é mais um ano que comemoramos mais um ano de emancipação política aqui de Costa Rica, sempre crescendo, sempre com desenvolvimento. Queremos que sempre continue assim, embora a gente saiba que por conta da pandemia, o Brasil não passa por um momento bom”.

Com a mente ciente da situação, ele disse que “Costa Rica Graças a Deus é privilegiada por sabermos que ainda temos um orçamento. Ainda não sabemos até quando teremos que aguentar essa pandemia”. 

Sobre o enfrentamento da pandemia, ele apontou algumas medidas. “De forma geral temos caminhado bem, o prefeito e o secretário de Saúde têm colocado muitos fiscais para ajudar no combate da proliferação do vírus da Covid. Mas claro que temos muitas restrições, e quem não tem saudades de ter nossas festas, ter nossas comemorações?”, perguntou. 

“Claro que a gente sente muito com isso, inclusive o comércio, que com isso os cidadãos diminuem suas compras e deixam de gastar no comércio até que essa pandemia passe. Mas no geral a gente está bem e acreditamos na vacina. O pessoal logo vai ser vacinado e eu acredito que em breve nós teremos nossa cidade de volta à normalidade”, falou esperançoso. 

PROJETOS FUTUROS

“Nós encaminhamos algumas sessões atrás um pedido para que o prefeito criasse algumas medidas emergenciais”. Ele explicou que são para a criação de um auxílio emergencial para os pequenos empresários de Costa Rica, que sofrem mais com a pandemia, e para os cidadãos também, que são contemplados pelos auxílios. “Os projetos chegaram na Câmara e nas próximas sessões a gente já vai estar votando para que isso se transforme”, garantiu. 

Por fim, o presidente da Câmara deixou uma mensagem para a população: “Quero dizer a todos os cidadãos que a nossa linda cidade está completando mais um ano de emancipação política. Neste momento, peço que tenhamos nossa comemoração cívica como momento de reflexão de tudo aquilo que está acontecendo, já perdemos 51 cidadãos de Costa Rica. Todas as nossas ações têm que ser bem pensadas, sem dúvida nenhuma também devemos seguir os passos da Organização Mundial da Saúde, para que a gente possa de certa forma evoluir”.

Também esteve presente o vice-prefeito Roni Cota, que lembrou que o momento que a cidade e o país inteiro passam é atípico, “Mas não deixamos de registrar esse momento e comemorarmos esse momento de desenvolvimento do nosso município, nesse curto prazo de tempo, apenas 41 anos. Graças primeiro aos gestores que já passaram pela prefeitura municipal, graças a todos os vereadores que já passaram pela Câmara de vereadores, graças principalmente àqueles que vieram para nossa terra”. 

DESENVOLVIMENTO DA CIDADE E REFLEXÃO

Ele destacou que a cidade tem o máximo potencial para se desenvolver ainda mais e agradeceu. “Temos muito a agradecer, pois a nossa cidade é uma bela cidade, que contempla e muito o caráter, a dignidade, a consideração ao próximo. Agradecemos a toda a família Costa, agradecemos ao nosso fundador que teve a ideia de criar um vilarejo que viraria nossa cidade”. 

A vereadora Manuelina Amorim também fez menção ao momento difícil, que não é fácil de superar em meio aos óbitos deixados pela pandemia. “Num momento tão duro e tão difícil, nós não podemos deixar de agradecer todas as pessoas, que de uma forma ou de outra, do segmento da política, do comércio, do trabalho. Que de alguma forma contribuiu para o desenvolvimento da nossa Costa Rica. Quero parabenizar a todos. Quero dizer a todos, que Deus possa nos conceder sabedoria para continuar fazendo história”, agradeceu a população. 

No entanto, ela lembrou também que “hoje foi escolhido para esse dia, comemoramos 41 anos de Costa Rica e prestamos uma homenagem para as vítimas de Covid-19 na cidade”. Em Costa Rica foram 51 pessoas, para ela esse número não é só um índice, “são pessoas, nossos conhecidos, nossos parentes, que tiveram suas vidas e deixaram para trás pais, filhos, esposas, esposos e amigos. São pessoas que interromperam seus sonhos, então essa homenagem é para que nesse momento a gente possa fazer uma reflexão”. 

“Esse é um momento de pensar e ter o foco na minimização da pandemia, lutar por vacinas para todos, para que as pessoas sejam socorridas, sejam no comércio, nas indústrias”, finalizou. Também estiveram presentes outros parlamentares como, Evaldo Paulino, Adair Tiago, Ailton Amorim e Rosangela Marçal. Secretários e subsecretários municipais e funcionários públicos também marcaram presença no evento.

Fonte: MS TODO DIA


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »