04/05/2021 às 14h56min - Atualizada em 04/05/2021 às 14h56min

Primeira-dama lança Gabinete Itinerante para atender comunidades vulneráveis em Costa Rica

Ação social deve levar profissionais de diversas áreas para atendimento no local

A partir de agora, Costa Rica poderá contar com o Gabinete Itinerante, projeto da primeira-dama do município, Márcia Alves. Asism, ela irá até as comunidades para buscar entender as necessidades e realizar ações sociais no local.

Assim, ao MS Todo Dia a primeira-dama destacou que a principal função do projeto é dar acesso para as comunidades mais vulneráveis de Costa Rica. "Pela falta de transporte público, às vezes as pessoas não tem acesso e dificulta muito o acesso às informações, ao poder público", explicou ela.

"Então a nossa ideia é ir até a comunidade, primeiro se envolver com a comunidade e incluir ela. A gente quer estar perto dos bairros mais necessitados e levar informações também", disse. Então, ela ressaltou que serão levados para as comunidades profissionais da assistência social e saúde. "Para poder facilitar a informação e até já fazer o cadastro".

Porém, ela disse que ainda não é o momento de fazer um grande ato. "Nesse primeiro momento não fizemos para não criar uma aglomeração. Ela disse que a ação deve ser grande na cidade e envolver mais pessoas do que atualmente".

A primeira ação aconteceu em 30 de abril no município. "Por hora a gente está fazendo um lanche para oferecer especialmente para as crianças e a gente fez o varal social que são as doações que recebemos de roupas", explicou a primeira-dama.

Ao MS Todo Dia, ela adiantou que será feita uma campanha de arrecadação de agasalhos, já que o frio está chegando junto com o inverno. Ela disse que as roupas e cobertores serão todos de qualidade para as comunidades.

Sobre o Gabinete Intinerante, ela explicou que se trata de um projeto móvel pela falta de espaõ físico fixo. "Eu que vou ao encontro do povo, como eu não tenho uma sala ou cargo, um amaparo público. Então eu vou ter um gabinete no meio do povo, onde as pessoas estão e onde elas precisam", finaliza.



Fonte: MS TODO DIA
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »