06/04/2021 às 10h08min - Atualizada em 06/04/2021 às 10h08min

Redução do número de casos e na ocupação de leitos, confirma ações da Prefeitura de Costa Rica no combate ao Covid-19

Após 10 dias de medidas restritivas, estabelecidas pelo decreto municipal nº 4.749 em vigência de 26 de março até este domingo (4), Costa Rica conseguiu reduzir a média diária de casos de coronavírus bem como o número de leitos ocupados na Fundação Hospitalar. O município chegou a atingir a bandeira cinza, com grau extremo de risco de contaminação, e com as restrições conseguiu progredir para bandeira vermelha, conforme mapa situacional do Prosseguir apresentado na quarta-feira (31).

Neste domingo, o prefeito Cleverson Alves dos Santos, publicou um vídeo falando dos resultados obtidos nos 10 dias de decreto. Segundo ele, antes das restrições, Costa Rica apresentava 152 casos positivos de Covid-19, uma média diária de 21 casos, e 19 leitos da Fundação Hospitalar estavam ocupados com pacientes acometidos pela doença.

Ainda conforme o prefeito, depois de 10 dias de medidas restritivas do atendimento comercial, toque de recolher, intensas fiscalizações e até detenções feitas pela polícia em caso de resistência e desobediência ao decreto, Costa Rica conseguiu reduzir o número de casos positivos para 72, com média diária de 11casos e abaixar para 10 a quantidade de leitos ocupados.

 “As medidas restritivas ajudam a conter o avanço da doença, como uma barreira que desacelera o avanço dos casos, dando oportunidade para que o sistema de Saúde possa se restabelecer, oferecendo melhor atendimento à população” destacou o prefeito.

Para Cleverson, apesar de eficazes, as medidas restritivas são insuficientes para frear o avanço doença e aponta a conscientização da população como a principal ferramenta para combater o coronavírus até a chegada da vacina para todos.

“Não bastam medidas restritivas, é necessária consciência social. Nossos comerciantes já não aguentam mais fechar as portas, afinal isso acaba elevando o preço das mercadorias e aumentando o desemprego. Precisamos manter o distanciamento social, fazer o uso adequado da máscara, evitar as aglomerações em estabelecimentos comerciais e até mesmo nas residências, só assim conseguiremos reduzir ainda mais o número de casos e de vítimas fatais desta doença em nosso município” concluiu o prefeito.

Na bandeira vermelha, quando o cenário ainda é considerado de alto risco, a partir desta segunda-feira (5) Costa Rica passa a ter toque de recolher das 21hs às 5hs e o comércio volta a funcionar cumprindo as medidas e protocolo de biossegurança.


Fonte: Prefeitura Municipal de Costa Rica


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »