07/10/2020 às 10h49min - Atualizada em 07/10/2020 às 10h49min

Aparecida de Goiânia negocia compra de vacina contra o coronavírus produzida em Israel

Produto ainda está em fase de testes e não tem previsão de quando ficará pronto para ser aplicado em humanos.

A prefeitura de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, negocia a compra de uma vacina israelense contra a Covid-19. No entanto, o produto ainda está em fase de testes e não tem previsão de quando ficará pronto.

De acordo com a prefeitura, os pesquisadores do Instituto de Pesquisa Biológica de Israel afirmam que a vacina possui um anticorpo que foi encontrado em maio e que é capaz de neutralizar a ação do novo coronavírus.

No momento, a pesquisa está no estágio pré-clínica, em que os testes são realizados em animais. Segundo o país informou à administração do município goiano, ela atingiu quase 100% de eficácia.

Já os testes em humanos estão previstos para iniciar ainda neste mês de outubro. Os processos regulatórios devem ser realizados a partir da eficiência da vacina.

A data e a quantidade de vacinas que devem ser compradas pela prefeitura de Aparecida de Goiânia ainda não foram divulgadas. Porém, segundo o município, a compra dos lotes já está sendo discutida com a embaixada israelense e a tratativa segue avançando.

A prefeitura acredita que o bom relacionamento com o governo israelense possa ajudar na viabilização para adquirir o produto. O município informou ainda que está no primeiro lugar na fila para a aquisição da vacina.
 

Casos de coronavírus

 

Os dados do último balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), na terça-feira (6), mostram que Goiás passou de 220 mil pessoas contaminadas pelo coronavírus desde o início da pandemia. Ainda conforme o boletim, 226.332 casos suspeitos estão sendo investigados.

Em Aparecida de Goiânia, de acordo com a prefeitura, 35.297 moradores foram infectados, sendo que 34.130 estão recuperados e 464 morreram em decorrência do coronavírus.
Fonte: G1Goiás


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »