18/09/2020 às 11h15min - Atualizada em 18/09/2020 às 11h15min

Dois jovens são presos suspeitos de furtar estepes de caminhonetes e carros de luxo, em Goiânia

Segundo a Polícia Militar, criminosos furtavam a roda completa enquanto os veículos estavam estacionados nas ruas de bairros nobres da capital.

A Polícia Militar prendeu dois jovens suspeitos de furtar estepes de caminhonetes e carros de luxo, em Goiânia. Segundo a PM, eles furtavam a roda completa de veículos estacionados em ruas de bairros nobres da capital, como Jardim América, Bueno e Marista.

Os investigados confessaram à polícia ter cometido furtos. Como os nomes deles não foram divulgados, a reportagem não conseguiu localizar a defesa dos detidos para que se pronunciasse sobre o caso.

As prisões aconteceram na última quinta-feira (17), no Setor Jardim América. De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos desobedeceram a ordem de parada dos policiais militares e tentaram fugir em alta velocidade em um Ford Fiesta.

Ao serem abordados, segundo a corporação, os investigados se identificaram com outros nomes. No entanto, ao levantar as identidades verdadeiras deles, a equipe descobriu que um dos suspeitos, de 25 anos, estava foragido pelo crime de furto. Já o outro, de 26 anos, tinha mandado de prisão em aberto por roubo e associação criminosa.

No carro em que eles estavam havia quatro pneus. De acordo com a PM, os investigados confessaram que já tinham vendido outros estepes furtados. A corporação apura quantos furtos eles cometeram.

Segundo a polícia, na casa de um dos detidos, localizada no Parque Santa Rita, os policiais encontraram alicate grande e chaves de retirar pneus. A equipe ainda apreendeu quatro quilos de droga, balança de precisão e R$ 2 mil.

A Polícia Civil informou que a dupla deve responder por furto, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, falsa identidade, desobediência e por trafegar em velocidade incompatível com a segurança nas proximidades de escolas e hospitais. O carro em que eles estavam também foi apreendido.

Fonte: G1Goiás

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »