19/06/2020 às 09h47min - Atualizada em 19/06/2020 às 09h47min

Juiz autoriza translado do corpo de Bombom para Chapadão do Sul

Na tarde desta quinta-feira, 18 de junho, um juiz da da Comarca de Chapadão do Sul, Dr. Sílvio C. Prado autorizou o translado do corpo de Guilherme Luis Lopes Martins, conhecido como Bombom, morador de Chapadão do Sul, falecido por insuficiência cardíaca.

A pedido de várias pessoas de Chapadão do Sul, e até de autoridades municipais, a assessoria jurídica da Prefeitura de Chapadão do Sul analisou o caso, entrou na justiça e conseguiu liminar para o translado do corpo.

Houve um impasse porque Bombom não possui familiares e somente eles poderiam liberar o seu corpo para o translado.

Bombom viveu mais de 30 anos em Chapadão do Sul, onde é muito conhecido. Homem humilde e trabalhador, vivia sozinho na cidade e ninguém soube de seus familiares.

Segundo a Pax Brasil, de Chapadão do Sul, que cuida do caso, no final da tarde de hoje (18) estava faltando apenas a liberação da Patologia, aonde está o corpo, para o translado.


Veja abaixo notícia do falecimento de Bombom.O velório do corpo de Bombom ocorre nesta sexta-feira, a partir das 14 horas, na Veladoria Municipal, de Chapadão do Sul, com enterro às 16 horas no cemitério local.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »