14/04/2020 às 16h28min - Atualizada em 14/04/2020 às 16h28min

MS registra pior isolamento social do mês e deixa autoridades em alerta

Mesmo com todas as evidências que mostram o avanço da Covid-19: aumento acelerado de casos confirmados, quatro mortes, e início da transmissão comunitária, Mato Grosso do Sul continua com o segundo menor índice de isolamento social do País, perdendo apenas para Tocantins. Nesta segunda-feira (13.4) pós feriado, a taxa média de isolamento social no Estado foi de 40,7%. Para se ter uma ideia, o índice é o pior já registrado no mês de abril, seguido de quinta-feira, véspera de feriado da paixão de cristo que contabilizou 42,3%.
Apesar das inúmeras medidas adotadas pelo Governo do Estado e prefeituras municipais para reduzir o contágio e evitar um colapso no sistema público de saúde, o cenário das próximas semanas vai depender do comportamento da população. As projeções com base nos dados de monitoramento do distanciamento social têm deixado autoridades em alerta. Medidas extremas, como o bloqueio total da movimentação – lockdown – não são descartadas.
“Se nós não tivermos a consciência das pessoas de ficar em casa, evitar sair de casa, nós vamos chegar a esse momento. É uma medida drástica, é radical, alguns países tomaram. Aqui no Brasil, alguns governos estão olhando essa possibilidade”, declarou o governador Reinaldo Azambuja. “A medida extrema vem se não tiver a consciência da sociedade. Podemos ir sim para uma medida extrema, para decretar isso. Nós todos temos que ser conscientes”, enfatizou.
Monitoramento
Utilizado para tomada de decisões o sistema inteligente de monitoramento por geolocalização tem sido utilizado por Mato Grosso do Sul e outros estados brasileiros, como ferramenta estratégica de enfrentamento a pandemia do novo coronavírus. Os dados atualizados diariamente têm como referência cerca de 60 milhões de telefones celulares existentes no país, respeitando a privacidade do usuário. A tecnologia atende a todos os aspectos legais vigentes e se enquadra na Lei Geral de Proteção de Dados que entrará em vigor em agosto de 2020.

*ms.gov.br
Fonte: Prefeitura de Chapadão do Sul
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »