06/04/2020 às 15h55min - Atualizada em 06/04/2020 às 15h55min

Procon divulga nota técnica de alerta contra prática abusiva dos preços nos supermercados de Chapadão do Sul

A coordenadoria municipal o PROCON de Chapadão do Sul divulgou nota técnica, alertando contra prática abusiva dos preços nos supermercados de Chapadão do Sul.
O PROCON informa na nota, que os consumidores vem realizando denúncias de prática desleal por parte de alguns estabelecimentos, em produtos essenciais como leite, álcool gel, arroz e feijão e outros. 
De acordo com o órgão, em reunião entre o Presidente da  Associação Sul – Mato – Grossense de Supermercados e o Superintendente do Procon Estadual foi solicitado aos supermercados associados que  repassem suas notas fiscais de compra e venda desde janeiro de 2020  para que seja analisado pelo Procon estadual se há práticas abusivas e se constatado tomarão as devidas providências. 


Leia a nota na íntegra abaixo:
NOTA TÉCNICA 003/2020/PROCON
 
Dispõe sobre a abusividade, na comercialização de produtos diversos em Supermercados, Atacadistas e outros, no âmbito do município de Chapadão do Sul/MS,
Os consumidores estão denunciando produtos essenciais como leite, álcool gel, arroz, feijão e outros. Estão nos noticiando a prática desleal por parte de alguns estabelecimentos, além de estabelecimentos oportunistas diante dessa situação, com  a finalidade de tomar conhecimento de várias situações  registradas no Procon Municipal sobre o abuso em relação a preços “suspostamente abusivos” praticados, informamos que o presidente Edmilson da  Associação Sul – Mato – Grossense de Supermercados se reuniu com o Superintendente do Procon Estadual Marcelo Salomão em relação a atual situação e disse que alguns produtos estão com valores “maiores” devido ao preço repassado pelas  distribuidoras e industrias, e ficou acordado entre Procon Estadual e AMASMS (Associação Sul – Mato – Grossense de Supermercados) que ficou de  solicitar aos supermercados associados que  repassem suas notas fiscais de compra e venda desde janeiro de 2020  para que seja analisado pelo Procon estadual se houve práticas abusivas e se constatado tomará as devidas providências.
O Procon Municipal  esteve nesta manhã visitando os supermercados para verificar preços de produtos que foram noticiados com preços abusivos e verificamos que existe uma variação grande de valores do mesmo produto, vale informar que com  a pesquisa conseguirá chegar ao melhor preço praticado,  os supermercados que não fazem parte da Associação Sul – Mato – Grossense de Supermercados, terá que apresentar documentação necessária e notas fiscais de compra e venda de produtos desde janeiro de 2020 ao Procon Municipal de Chapadão do Sul, e vamos avaliar se de fato houve uma violação ao artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor que estabelece a elevação sem justa causa de preços de produtos.
Em decorrência da atual situação sabemos que ficar em casa ainda é a melhor escolha, mas é preciso pesquisar e isso surtirá muito efeito, porém pode ser feito por mídia/redes sócias; via telefone e outros sem a necessidade de sair de sua residência e poderá comprar seu produto com valor razoável.

Informamos que o Procon Municipal de Chapadão do Sul juntamente com o Procon Estadual e Prefeitura Municipal estão trabalhando para que os consumidores não sejam desrespeitados e que se faça valer o Código de defesa do Consumidor.  

Fonte: Prefeitura de Chapadão do Sul

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »