07/01/2020 às 17h15min - Atualizada em 07/01/2020 às 17h15min

Cantor sertanejo é baleado e conta à mãe que ex é autora dos disparos, diz polícia

Vítima foi socorrida e está internada na UTI do Hospital das Clínicas, em Jataí. Delegado apura o motivo dos disparos.

O cantor sertanejo Agnaldo Moraes, da antiga dupla Moraes e Moracito, foi baleado próximo à casa dos pais na manhã desta terça-feira (7), em Jataí, no sudoeste de Goiás. A vítima foi levada ao Hospital das Clínicas Dr. Serafim de Carvalho, onde está internado na UTI.

O delegado Agnaldo Coelho, responsável pela investigação, disse que a ex do cantor é suspeita de cometer o crime. No entanto, ela não havia sido encontrada até por volta de 13h30.

“Ele teria dito à mãe dele logo depois de ser baleado [que foi a ex que atirou]. A motivação só saberemos no decorrer das investigações”, disse.
Segundo informações da unidade de saúde, o paciente está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), entubado, estável e sedado. De acordo com o Hospital, o paciente levou um tiro no pescoço, perdeu muito sangue e passou por uma cirurgia.

Investigação
Equipes da Polícia Civil estão procurando câmeras de monitoramento que possam ter flagrado o momento que o cantor foi baleado.

Os policiais também falarão com pessoas que ouviram os disparos e estavam na região no momento, já que não foram localizadas testemunhas oculares do crime.

Segundo o delegado responsável pela investigação, o cantor tem passagens na polícia por corrupção de menores e estupro de vulnerável e acredita, inicialmente, que o crime tenha relação com essas ocorrências.
Fonte: G1Goiás
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »