27/12/2019 às 14h04min - Atualizada em 27/12/2019 às 14h04min

Jovem é presa suspeita de matar marido na frente do filho e da enteada, diz PM

Ela disse aos policiais que deu golpes no jovem após ter apanhado dele, em Aparecida de Goiânia. Já um amigo da vítima alega que ela atacou o marido com canivete assim que ele chegou em casa.

A Polícia Militar prendeu uma jovem de 26 anos suspeita de matar o marido, Diego Veiga Silva, de 27, em Aparecida de Goiânia, na noite de quinta-feira (26). Segundo os policiais, ela confessou que cometeu o homicídio na frente do filho deles, que tem 2 anos, e da enteada dela, de 9, para se defender das agressões do esposo.
G1 não conseguiu localizar a defesa da investigada, Vannubya Pinheiro Arcanjo, para pedir um posicionamento sobre o caso.
Vannubya está presa suspeita de homicídio no 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia. Até por volta de 8h desta sexta-feira (27), ela aguardava audiência de custódia ainda no local. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.
A PM contou que o crime aconteceu no setor Jardim Boa Esperança. Segundo a presa contou aos policiais, ela estava sendo agredida pelo marido, quando revidou e o matou. Vannubya também disse que tinha uma medida protetiva contra Diego, expedida em dezembro de 2018, mas que voltou a morar com ele cinco meses depois.
Já amigos e parentes da vítima disseram aos policiais que a mulher já se aproximou do marido com um canivete enrolado em uma toalha assim que ele desceu de um carro para entrar em casa.
“Os amigos e família dele defendem que ele não a agrediu. Já os dela dizem que ele sempre a agrediu, que por causa dessas agressões ela desferiu um golpe de faca contra ele”, explicou o tenente da PM Luís Alexandre Bezerra.
Os parentes informaram aos policiais militares que as crianças estão sob a responsabilidade dos avós.
Fonte: G1Goiás
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »