23/09/2019 às 15h02min - Atualizada em 23/09/2019 às 15h02min

Família consegue dinheiro para trazer ao Brasil corpo de jovem goiano que morreu na Bélgica

Mãe diz que conseguiu arrecadar os R$ 50 mil necessários para fazer o transporte dos restos mortais de Igor Victor de Oliveira Alves, que morreu de meningite aos 24 anos.

A família do jovem goiano Igor Victor de Oliveira Alves, de 24 anos, que morreu em Bruxelas, capital da Bélgica, conseguiu arrecadar o dinheiro necessário para trazer o corpo para o Brasil. Os custos giram em torno de R$ 50 mil. Os restos mortais do rapaz, que foi vítima de meningite, devem chegar à Anápolis, a 55 km de Goiânia, onde a família mora, na próxima quarta-feira (25).
A mãe de Igor, a dona de casa Terezinha Darc de Oliveira, está aliviada com o fato de poder se despedir do filho, que morreu no último dia 12 de setembro.
"Eu agradeço a todas as pessoas que ajudaram, não só financeiramente, mas com palavras de conforto. Fico muito grata por poder trazer ele para perto de mim", disse ao G1.
Ainda não há detalhes sobre o dia e horário do sepultamento. Porém, de acordo com Terezinha, a outra filha dela, Lorraine Caroline de Oliveira Alves, que foi para Bruxelas, está organizando todos os trâmites burocráticos.

Meningite

A mãe conta que Igor Victor começou a passar mal há duas semanas e foi internado em um hospital de Bruxelas. No último domingo (8), ele foi para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, no dia seguinte, foi constatada a morte cerebral.
De imediato, a família foi em busca de um empréstimo e conseguiu o suficiente para pagar apenas uma viagem de ida para Bruxelas. Lorraine chegou ao hospital na quinta-feira, horas antes de o irmão morrer.
"A gente tinha esperança que ele reagisse quando a visse. Ela chegou lá, o viu, mas saiu do quarto porque chorou muito. Retornou, ungiu ele e orou. Nessa hora, ela disse que ele abriu o olho, olhou para ela e, segurando a mão dela, respirou fundo, e o coração dele parou", contou a mãe, emocionada.
Ainda segundo a dona de casa, Igor Victor era um jovem cheio de sonhos e tinha ambição de conseguir um bom emprego. Ele começou a fazer faculdade de direito, em Goiânia, mas decidiu trancar buscar oportunidades em Bruxelas.
 
Fonte: G1Goiás
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »