05/09/2019 às 14h57min - Atualizada em 05/09/2019 às 14h57min

Jovem é preso suspeito de matar namorada após os dois saírem para comprar teste de gravidez, em Novo Gama

Polícia apura se vítima, de 20 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça por conta da suposta gestação ou por ciúmes. Corpo dela foi achado em decomposição em terreno.

Um jovem de 21 anos foi preso suspeito de matar a namorada, de 20, em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, Kelson Lima de Souza deu um tiro na cabeça da vítima, Antoniara Lorrana Cruz de Sousa, depois que eles saíram para comprar um teste de gravidez, pois ela suspeitava da gestação.
A corporação diz que ele confessou o crime, mas não deu detalhes sobre a motivação. Ele ainda não tem advogado. O delegado Danillo Martins, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), disse que ainda apura porque ele teria cometido o crime.
"A questão pode ter sido essa suposta gestação dela, mas também investigamos uma questão relacionada a ciúmes, pois ele teria falado para algumas pessoas que viu algo no celular dela, mas não entrou em detalhes", disse ao G1.
O corpo da jovem foi encontrado na terça-feira (3), já em decomposição, em um terreno baldio na cidade. Ela havia sumido no dia 27 de agosto, quando saiu com o namorado. Logo em seguida, a família registrou uma ocorrência de desaparecimento.
A mãe da vítima, Shirley Maria Cruz de Souza, desabafou sobre a morte brutal da filha.
"Ela falava que era minha mãe e eu filha dela porque ela que cuidava de mim e agora eu não tenho mais a minha filha”, disse.
Kelson foi preso no mesmo dia em que o corpo foi encontrado. Segundo o delegado, ao ser abordado para o cumprimento do mandado de prisão temporária, ele alegou que iria se entregar. Ele indicou o paradeiro da arma que teria sido usada no crime, uma espingarda calibre 12.
Martins disse que somente o laudo do Instituto Médico Legal (IML) vai confirmar se Antoniara estava ou não grávida.
 
Fonte: G1Goiás
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »