31/08/2019 às 15h34min - Atualizada em 31/08/2019 às 15h34min

Homem é preso suspeito de manter ex-mulher em cárcere por 15 horas e estuprá-la em Planaltina de Goiás - GO

 Um homem foi preso pela Polícia Civil suspeito de manter a ex-mulher em cárcere privado por mais de 15 horas e ainda estuprá-la sob ameaça de uma faca. O caso aconteceu nesta sexta-feira (30), em Planaltina de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.De acordo com o delegado Cristiomário Medeiros, a vítima contou que havia se separado do suspeito, que não aceitou o fim do relacionamento. Segundo ela relatou a polícia, na noite de quinta-feira (29) foi abordada por ele com uma faca na rua.“Ela contou que ele levou ela para a casa dele. Durante o tempo em que manteve a vítima sob seu poder ele ainda lhe violentou sexualmente e provocou diversas lesões utilizando-se da faca. Entre as lesões, um dos dedos da vítima foi cortado no tendão, o que poderá provocar perda do movimento”, disse o delegado.Ainda segundo Cristiomário, o suspeito, ao ser preso na tarde desta sexta-feira, apresentou está sob efeito de bebida alcoólica ou algum tipo de droga.“Na delegacia, ele falou coisas desconexas, tentando negar”, afirmou o delegado, acrescentando que o homem permanece preso e não apresentou advogado.O caso foi descoberto, segundo a polícia, porque pessoas tentaram falar com a vítima e não conseguiam. Desconfiados que algo de errado poderia estar acontecendo resolveram acionar os investigadores.No início da tarde da sexta, uma equipe da polícia foi até a casa do suspeito de onde a vítima tinha conseguido escapar correndo ainda segurando as roupas.A mulher foi levada até uma unidade de saúde para receber atendimento por conta dos vários cortes que teve pelo corpo.“Temos dez dias para concluir o inquérito, mas ele foi preso em flagrante por cárcere privado, lesão corporal no âmbito da violência doméstica e também pelo estupro”, informou Cristiomário.   Fonte: G1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »