22/08/2019 às 10h15min - Atualizada em 22/08/2019 às 10h15min

Homem é preso em Goiás suspeito de aplicar golpes em ao menos sete pessoas na compra de carros pela internet

Um homem foi preso suspeito de aplicar golpes na compra de carros anunciados no site OLX, em Goiás. Segundo a Polícia Civil, até o momento, sete pessoas registraram ocorrências alegando terem sido vítima de Maicon dos Santos Vaz, de 27 anos. De acordo com as investigações, ele comprova o veículo, forjava o pagamento e depois desaparecia com o automóvel.O G1 entrou em contato, por e-mail, com a OLX e aguarda retorno.Maicon foi apresentado pela polícia nesta quarta-feira (21) e negou ter praticado os crimes. “Eu compro carro e vendo. Nunca enganei ninguém”, afirmou.Porém, a polícia não acredita na versão dele. O homem foi detido no último dia 13, em São Miguel do Araguaia. Dois dias depois, uma nova vitima procurou a polícia para denunciá-lo e descobriu que ele já estava preso.Com ele, a polícia recuperou dois dos veículos adquiridos por meio do golpe. O delegado Cássio Arantes do Nascimento, responsável pelo caso, explicou como o golpe ocorria.“Ele via o anúncio de um carro, entrava no perfil e falava que tinha interesse na compra. Após a negociação, ele encontrava o vendedor e dizia que ficaria com o carro. Ele então simulava uma transferência bancária pelo celular, mas não a finalizava. Quando a pessoa questionava, ele dizia que o dinheiro cairia em horas e conseguia levar o carro sem pagar”, pontua.
Revenda dos carros
Os veículos eram revendidos - alguns mesmo sem documento - para terceiros. Segundo o delegado, a maioria dos compradores não sabia da origem irregular do veículo. Para simular legalidade, ele inventava outras situações.“Em um dos casos, ele vendeu o carro sem documento. Quando o comprador questionou sobre a documentação, ele alegou que o veículo estava vinculado a um inventário e que o documento ainda não tinha saído”, explica.Além das sete passagens por estelionato e apropriação indébita neste tipo de caso, Maicon tem outras quatro anotações policiais por outros golpes. Em uma dessas situações, ele é acusado de se apropriar de cadeiras, mesas e refrigeradores que havia alugado.Fonte: G1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »