25/07/2019 às 14h37min - Atualizada em 25/07/2019 às 14h37min

Preços de remédios genéricos variam em até 3,2 mil % nas farmácias de Goiânia, diz Procon

Segundo órgão, pesquisa também mostra que medicamentos autorizados pelo Governo Federal a fazerem reajuste de até 4,33%, podem ser achados até 16,30% mais caros.

O Procon Goiás divulgou que, através de uma pesquisa em 12 farmácias de Goiânia e que analisou 65 produtos, constatou que o preço de remédios genéricos varia até 3,2 mil %. Isso quer dizer que o mesmo produto pode ser encontrado custando, por exemplo, R$ 10 ou R$ 330 dependendo do local onde é comprado. GENÉRICOS
Remédio Variação Maior preço Menor preço
Hidroclorotiazida 3,2 mil % R$ 5,94 R$ 0,18
Glibenclamida 750% R$ 11,23 R$ 1,32
Sulfato de Salbutamol 656% R$ 16,50 R$ R$ 2,18
Loratadina 267% R$ 36,42 R$ 9,90
Cloridrato de Ranitidina 222% R$ 15,30 R$ 4,75
 

Outra descoberta do estudo, segundo o próprio Procon, é o aumento de preços, acima do esperado, de alguns remédios. O órgão lembrou que o Governo Federal autorizou um reajuste de até 4,33% para alguns medicamentos, no último dia 31 de março.
Porém, segundo o Procon, a pesquisa apontou que o consumidor pode sentir que o produto está até 16,3% mais caro em algumas prateleiras.
AUMENTO DE PREÇOS
Remédio Variação Preço em 2018 Preço em 2019
Fernobarbital +16,32% R$ 4,84 R$ 5,36
Liptor +13,26% R$ 85,94 R$ 97,34
Sulfato de Sabutamol +12,82% R$ 4,65 R$ 5,25
Neosaldina +12,79% R$ 21,31 R$ 24,04
Propanolol +9,01% R$ 9,38 R$ 10,23
 
Fonte: G1Goiás
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »