12/07/2019 às 16h06min - Atualizada em 12/07/2019 às 16h06min

Shoelace é a nova rede social do Google focada em eventos; conheça

Aplicativo, que está em fase de testes, pretende conectar usuários em busca de eventos e atividades

Google está testando uma nova rede social chamada Shoelace (cadarço, em tradução livre), voltada para conectar pessoas a partir de eventos e interesses em comum. Desenvolvido pela Area 120, o setor de projetos experimentais da empresa, o aplicativo, que funciona apenas no celular - e não no PC, está no momento disponível apenas para moradores da cidade de Nova York. A rede social tem como proposta sugerir atividades para usuários de acordo com seus gostos e localização, e permite confirmar presença ou criar eventos próprios. Shoelace se assemelha, no quesito funcionalidade, à seção de eventos do Facebook. De acordo com dados informados durante a fase de cadastro, como localidade e preferências pessoais, a rede social sugere diariamente ocasiões, chamadas de "Loops". O usuário pode, então, confirmar presença e conferir quais pessoas também irão ao lugar.
Também é possível organizar seus próprios eventos e convidar pessoas. Segundo o site institucional do Shoelace, não-usuários da rede social também poderão confirmar presença em eventos quando convidados, mas não é especificado como isso acontecerá. Por enquanto, é preciso de um convite para experimentar o Shoelace no iPhone (iOS) ou no Android. Você pode se inscrever por meio de um formulário para ganhar acesso, mas o app está funcionando apenas em Nova York, nos Estados Unidos, no momento.
Depois do fracasso do Google+, que foi encerrado de vez em abril por vazamento de dados e falta de popularidade, a gigante das buscas parece estar mirando em uma rede social mais específica e modesta. Em vez de uma plataforma abrangente que bateria de frente com o Facebook, o Instagram ou o Twitter, o Shoelace deve ser uma ferramenta para fazer planos, descobrir atividades e aumentar seu círculo social.
Em 2011, o Google lançou um serviço com funções similares, o Schemer, que não deu certo e chegou ao fim em 2014. Vale lembrar ainda que a companhia também comandava o Orkut, que fez muito sucesso no Brasil por anos, mas não alcançou igual popularidade em outros países, e acabou em 2014.

Fonte:TechTudo

Temperatura foi registrada em Jacarepaguá na madrugada desta sexta-feira (12). Nova Friburgo teve temperatura de 1ºC.

A capital fluminense registrou a temperatura mais baixa do ano na manhã desta sexta-feira (12), às 7h, com 11ºC em Jacarepaguá, na Zona Oeste, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
O recorde anterior também foi na Zona Oeste. Até então, a temperatura mais baixa tinha sido registrada na Vila Militar na última terça (9), com 11,3ºC.
A Zona Oeste do Rio registrou algumas das menores temperaturas do inverno. A região possui grande variação de temperatura por causa da geografia. Os bairros ficam entre morros, fazendo com que haja um resfriamento maior durante a madrugada.
Os dias mais frios desta semana também se explicam porque o céu está aberto e sem nuvens. Assim, o calor gerado ao longo do dia escapa rapidamente para a atmosfera. Além disso, a cidade está sob a influência de uma massa de ar polar.
O recorde de frio também aconteceu nessa sexta na Região Serrana, com 1ºC em Nova Friburgo.
Fonte:G1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »