10/07/2019 às 16h19min - Atualizada em 10/07/2019 às 16h19min

Previdência: Bolsonaro diz que expectativa é de 'vitória' em votação; Maia se diz otimista

Deputados pretendem concluir nesta quarta-feira (10) a votação em primeiro turno da reforma da Previdência.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (10) que a sua expectativa em relação à votação da reforma da Previdência é de "vitória".
Bolsonaro deu a declaração na saída de um culto evangélico na Câmara dos Deputados. Ele afirmou ainda que irá conversar com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mas não deu detalhes de quando seria.
Com a conclusão da etapa de debates na madrugada desta quarta, deputados tentarão votar a partir desta manhã o primeiro turno da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência, que muda as regras para aposentadoria.
Rodrigo Maia também disse estar otimista com a aprovação da reforma da Previdência nesta quarta. "Sempre acreditei muito que chegaríamos hoje com uma margem importante de votos e é o que está acontecendo", afirmou.
"Espero que meu otimismo e o de muitos deputados possa refletir no resultado no dia de hoje", acrescentou.
O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (10) que a sua expectativa em relação à votação da reforma da Previdência é de "vitória".
Bolsonaro deu a declaração na saída de um culto evangélico na Câmara dos Deputados. Ele afirmou ainda que irá conversar com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mas não deu detalhes de quando seria.
Com a conclusão da etapa de debates na madrugada desta quarta, deputados tentarão votar a partir desta manhã o primeiro turno da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência, que muda as regras para aposentadoria.
Rodrigo Maia também disse estar otimista com a aprovação da reforma da Previdência nesta quarta. "Sempre acreditei muito que chegaríamos hoje com uma margem importante de votos e é o que está acontecendo", afirmou.
"Espero que meu otimismo e o de muitos deputados possa refletir no resultado no dia de hoje", acrescentou.
Exonerado da chefia da Casa Civil para votar a reforma a Previdência, o deputado Onyx Lorenzoni, que também estava na Câmara, projetou encerrar a votação em primeiro turno da reforma nesta quarta-feira e, caso as sessões avancem, votar a proposta em segundo turno na sexta-feira (12).
Fonte:G1
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »