16/05/2019 às 15h20min - Atualizada em 16/05/2019 às 15h20min

Xiaomi Mi 9 vs iPhone XR: compare preço e ficha técnica

Smartphones prometem bom desempenho e câmeras de alta qualidade.

Xiaomi Mi 9 e o iPhone XRsão celulares premium da Xiaomi Apple, respectivamente. Ambos os smartphones contam fichas técnicas avançadas e prometem bom desempenho no dia a dia, além de câmeras que devem garantir fotos de alta qualidade. Confira, a seguir, o comparativo entre os telefones.                                   

Tela e design

notch marca presença nos dois celulares, mas em formatos diferentes. O iPhone XR segue o mesmo padrão adotado no iPhone X, e presente no iPhone XSZenfone 5Motorola One, entre outros. Já o Xiaomi Mi 9 segue com o recorte em forma de gota d'água, encontrado no Moto G7Huawei P30 Pro e os novos smartphones da linha Galaxy A, da Samsung.
O celular da Xiaomi possui tela maior, de 6,39 polegadas. A resoluçãoFull HD+ (2340 x 1080 pixels) marca presença, o que deve garantir boa qualidade durante a exibição de filmes, séries, leitura de textos, entre outras atividades.
Já o iPhone XR conta com a tela de 6,1 polegadas com resolução de 1792 x 828 pixels, conhecida comercialmente como Liquid Retina. Apesar de possuir definição inferior até mesmo ao iPhone 8 Plus, o painel reproduz imagens com cores vibrantes e traz bom ângulo de visão.
Com mais opções de cores, o smartphone da Apple pode ser encontrado nas opções branco, preto, azul, coral, amarelo e vermelho. Já o Xiaomi Mi 9 está disponível nas edições preto, azul e violeta.

Câmera

Diferentemente dos demais lançamentos da Apple de 2018, o iPhone XR possui apenas uma câmera na parte de trás. A resolução é de 12 megapixels e é acompanhado por uma lente angular com abertura de f/1.8.
Durante os testes do TechTudo, a câmera realizou um bom trabalho, e garantiu fotos de alta qualidade, com cores fiéis à realidade. O celular também conta com suporte ao Modo Retrato, apesar de não contar com sistema de câmera dupla.
O Xiaomi Mi 9 vai além da câmera dupla, o que tende a levar vantagem sobre o smartphone da Apple. São três sensores, divididos da seguinte maneira:
·         Principal, de 48 megapixels (abertura de f/1.75)
·         Teleobjetiva de 12 megapixels (f/2.2)
·         Ultra wide de 16 megapixels (f/2.2)
O celular chinês tende a superar quando o assunto é câmera de selfies, graças à resolução de 20 megapixels frente aos 7 MP. O iPhone, porém, é o único com a tecnologia TrueDepth, sensores de profundidade que auxiliam na utilização do Face ID e recursos de realidade aumentada, tais como efeitos de luz, Animojis, entre outros.

Desempenho e armazenamento

O Xiaomi Mi 9 chega ao mercado com ficha técnica avançada. Entre os componentes estão o processador Snapdragon 855, chip mais poderoso da Qualcomm com oito núcleos e velocidade de até 2,84 GHz. Completam as especificações a memória RAM de 6 GB e armazenamento de 64 GB ou 128 GB.
Já o iPhone XR conta com o processador Apple A12 Bionic, o mesmo do iPhone XS e iPhone XS Max. A Apple não informou a quantidade de memória RAM disponível no telefone.
O chip do smartphone garantiu um ótimo desempenho no dia a dia, mas os problemas não ficaram de lado, já que travamentos e gargalos marcaram presença na análise o TechTudo. O iPhone XR possui opções com armazenamento de 64 GB, 128 GB e 256 GB.

Bateria

O Xiaomi Mi 9 possui bateria de 3.300 mAh, que deve entregar um dia inteiro longe das tomadas. Segundo a Xiaomi, o celular é o primeiro do mundo a contar com recarga sem fio de 20W.
O iPhone XR também conta com suporte a recarga sem fio. A bateria do celular garantiu 16 horas de uso nos testes do TechTudo. Não há informações oficiais sobre a capacidade do componente do smartphone.

Sistema operacional e recursos adicionais

Ambos os smartphones possuem as versões mais recentes dos seus respectivos sistemas operacionais. O Xiaomi Mi 9 já conta com o Android 9 (Pie) de fábrica, com personalizações da Xiaomi. O iPhone XR, por sua vez, chegou ao mercado com o iOS 12.
Com apoio do Face ID, o iPhone XR conta apenas com sistema de reconhecimento facial como opção de biometria. Já o Xiaomi Mi 9 chama a atenção pelo leitor de impressões digitais sob a tela, solução similar a encontrada no Galaxy S10.
Uma novidade da nova geração dos celulares da Apple é o suporte ao eSIM. Com a tecnologia, o iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max passam a suportar mais de um chip de operadora, assim como outros smartphones com Android disponíveis no mercado atualmente.

Preço

O iPhone XR desembarcou no Brasil em novembro de 2018, com preço sugerido de R$ 5.199 (64 GB), R$ 5.499 (128 GB) e R$ 5.999 (256 GB). Atualmente, a edição com 64 GB na cor preta pode ser vista por cerca de R$ 3.870 no comércio eletrônico – a depender da oferta do dia.
Anunciado em fevereiro de 2019 com preço a partir de 449 euros (cerca de R$ 2.009 em conversão direta), o Xiaomi Mi 9 não está disponível oficialmente no Brasil. O celular pode ser uma opção de compra àqueles que viajam ao exterior, uma vez que a importação via Correios é considerada como proibida pela Anatel.
Fonte:G1Techtudo                        
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »