13/05/2019 às 14h51min - Atualizada em 13/05/2019 às 14h51min

Mi Band 2 vs Mi Band 3: as diferenças entre as pulseiras fitness da Xiaomi

Preço mais em conta e recursos para atividades físicas são destaques nos wearables.

Xiaomi Mi Band 2 e a Xiaomi Mi Band 3 chamam a atenção do público pelo preço mais em conta. Anunciadas no comércio internacional com preços abaixo de US$ 30 (cerca de R$ 120 em conversão direta), as pulseiras inteligentes da Xiaomi possuem recursos que auxiliam nas atividades físicas e ainda contam com suporte a notificações dos celulares e resistência à água. Os wearables não estão disponíveis no Brasil, mas são uma opção para quem tem viagem marcada ao exterior. Nas linhas a seguir, saiba o que mudou na passagem de uma geração para a outra.

Design e aparência

Os detalhes que diferenciam os dispositivos são mínimos. Além de leves – Mi Band 2 pesa 17 gramas enquanto a Mi Band 3 tem 20 gramas –, ambos são acoplados em uma pulseira emborrachada e antialérgica de cores variadas.
A Mi Band 3 chega com tela maior, de 0,78 polegadas, contra 0,42 polegadas da Mi Band 2. Nos dois casos, o display é OLED.

Sensores e funções

A Xiaomi incorporou diversas funções fitness e de monitoramento de saúde em ambos os dispositivos. Em comum, elas possuem despertador por vibração, contador diário de passos (chamado de pedômetro), monitor de frequência cardíaca, lembrete de sedentarismo e medidor de qualidade do sono. As informações são registradas no aplicativo Mi Fit, da própria marca.
A Mi Band 3, entretanto, chega com algumas possibilidades extras, como as notificações de clima, mensagens e redes sociais.

Resistência à água

A Mi Band 2 possui certificação IP67 de resistência à água, o que garante proteção à água e poeira na pulseira. Já a geração mais recente segue com a mesma característica e pode ficar submerso por até 50 metros de profundidade, segundo a Xiaomi.
A fabricante adverte, porém, que a Mi Band 3 não é adequada para ser utilizada em saunas ou para práticas de mergulho.

Bateria

As melhorias também se encontram na bateria, cuja capacidade aumentou de 70 mAh para 110 mAh. Na prática, a Mi Band 3 aguenta, aproximadamente, 20 dias longe das tomadas em standby. O resultado é similar ao encontrado pelo TechTudo durante os testes da Mi Band 2 em 2017.

Preço e disponibilidade

A Mi Band estreou no mercado em internacional em junho de 2016, com o preço sugerido de US$ 23 (cerca de R$ 91 em conversão direta). A Mi Band 3 é a opção mais recente, de 2018, anunciada por volta de US$ 26 (R$ 103). Não há previsão de lançamento das pulseiras inteligentes no Brasil.
Fonte:G1Techtudo
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »